O que aconteceu na minha vida?

Leia mais

Evolução de estilo das liars

Leia mais

Você já ouviu The Amazons?

Leia mais

26/11/2011

O primeiro amor é um pouco de loucura e muita curiosidade.


O primeiro amor sempre é o mais profundo, ou aquele que nunca se esquece. Pode ter acontecido na adolescência ou até mesmo na infância quando nos apaixonamos por algum coleguinha do colegio. Alguns são platônicos, nem sabemos como é amar, nem sabemos o que é amor, mas mesmo assim dizemos que estamos amando. Mas pra falar a verdade tudo não passa de uma paixão que temos, por ficar encantada por uma pessoa.

A gente sempre tem a curiosidade de descobrir mais sobre o nosso sentimento, o que sentimos ou até mesmo o comportamento da outra pessoa. O amor é cego, algumas das vezes ficamos tão obsecadas por uma pessoa que esquecemos do mundo, ou isso pode acontecer com o nosso amado. Nossas atitudes são sem pensar duas vezes e só queremos aproveitar o clima e o momento.

Porque realmente ninguém sabe definir o que é amor, mas sabe que tá sentindo quando mesmo cheio de problemas, defeitos, situações constrangedoras, continuam sentindo com a mesma potencia o amor pelo outro. Então nem adianta dizer que o amor tem que ser perfeito, porque ele realmente não é. E não importa a idade ou sexo, todo o amor é igual em todos os lugares, e quando é de verdade dura para sempre.

Não sei nada sobre o amor, mas pode dizer que sinto ele, e não necessariamente por um menino, pode ser por Deus ou pela minha família. :)

0 comentários :

Postar um comentário

♥ Deixe seu comentário.
♥ Nada de comentários ofensivos ou divulgação.
♥ Sua opinião é bastante importante.