O que aconteceu na minha vida?

Leia mais

Evolução de estilo das liars

Leia mais

Você já ouviu The Amazons?

Leia mais

07/08/2013

Amor é mais importante


"Ai, tenho que economizar esse perfume" ou "Geeeeeeeente, o que eu faço da vida, minha unha quebrou?!" ou ainda "Como ela teve coragem de cortar aquele cabelão?". Frases conhecidas, acredito que você já tenha as dito. Pessoas apegadas ao cabelo, ao perfume, a unha... ou quem sabe ao mesmo sabor de sorvete, ao ursinho de pelúcia, a um amor que não dá certo nunca... Claro, apegar-se àquela amizade de infância, verdadeira, que você olha para o amigo e vê que não existe ninguém melhor para compartilhar os segredos, isso é bobagem. É melhor ter pena da unha que quebrou, afinal seu corpo NUNCA MAIS vai produzi-la de novo. 

O mundo está cheio de pessoas com suas frescuras. Não, não abandone todas as suas frescuras. Algumas nasceram com a gente, precisamos delas. Não seja tão prático assim. Mas não se apegue à coisas que prejudicam. Coisas que destroem você mesmo. Citei o amor que não dá certo: se você já tentou tudo, e se realmente não dá certo, pra que continuar? Você está acabando com você e com o outro. Se uma amizade só trás coisas ruins, cansaço, brigas... Não é mais amizade. Se já tentou tudo e não deu: acabou. E não é insensibilidade da minha parte, é apenas a realidade. Você fica se desgastando, se estressando. Permita que o outro saia desse relacionamento (namoro, amizade...) e se permita sair também. 

Não se apegar à "coisas bobinhas" faz um bem enorme. Sair com os amigos é mais importante que as redes sociais. Correr na chuva é mais importante do que a chapinha. Chorar com as amigas é mais importante do que a sua maquiagem. Dançar até o fim da festa é mais importante do que estar de salto até o final. Você junto com as pessoas que você gosta é mais importante do que qualquer coisa. Amor é mais importante. 

Desapega do que não faz bem, do que não precisa, do que te prende. Desapega daquele costume de seguir a opinião dos outros, de fazer o que os outros querem. Ouça as suas vontades, as suas opiniões. E não esqueça das amizades. Vou compartilhar com vocês aqui. Estou fazendo novas amizades (beeeeeeeeijo Luiza e Gabriela!) e já tinha me esquecido de como era bom!!! Tenta!!! E reforce as que você já tinha (beeeeeeeijo Simone!). É a coisa mais boa do mundo e você sabe disso! 

Enfim, desapegaaaaaa!
Beeeeeeijo! 



1 comentários :

  1. Oi linda..
    Nossa que lindo texto, talento de sobra.
    Me identifiquei muito com algumas partes. Tenho uma amizade em que só me faz mal, mas insisto. É minha frescura.
    Mas estou me libertando, e fico feliz com estas palavras. Lindo texto, tirei muito dele para mim.

    beijos
    livrosvamosdevoralos.blogspot.com.br

    ResponderExcluir

♥ Deixe seu comentário.
♥ Nada de comentários ofensivos ou divulgação.
♥ Sua opinião é bastante importante.